HOME
Facebook TWITTER ORKUT Facebook
HOME   | QUEM SOMOS   |   MENSAGENS   |   MÚSICAS   |   CONTATO

Participe!

Desabafe!
CONTE AQUI SUA HISTORIA,
e receba mensagens de incentivo e de superação.


De uma hora pra outra.

Minha namorada terminou a dois meses comigo um namoro de 2 anos e 3 meses. Vinhamos de férias, fomos visitar meus pais que mora no interior de São Paulo e foi uma cidade que ela adorou, logo depois fomos viajar com os pais dela para o sul de Minas Gerais onde reservamos um hotel fazenda e foi uma viagem inesquecível pra mim. Nosso namoro era como qualquer outro, nossas brigas nunca passaram de nenhum limite, não eram frequentes e nunca nos exaltamos um com o outro. Eu achava que estava tudo bem, na verdade tudo estava aparentemente bem. Não tinha nenhum sinal de insatisfação da parte de ninguém. Um pouco antes dessa viagem, foi meu aniversário onde ela se declarou pra mim, abrimos uma conta no banco juntos, compramos um cofre pra juntarmos dinheiro pra uma próxima viagem.

Ela algumas vezes me dava alguns puxões de orelha em relação a ser mais carinhoso com ela, não que eu fosse um ogro, de maneira nenhuma mas ela sempre me pontuava pra eu ter mais gestos de carinho e eu ia sempre buscando tentar melhorar isso em mim para o bem do namoro e ela sempre admitia melhora. Depois dessa viagem e quando voltei a trabalhar, ela me mandou uma mensagem desejando sorte na minha volta ao trabalho dizendo que me amava e que estaria sempre comigo e 10 dias depois tivemos duas brigas que foram por motivo bobo e sem exaltações e depois dessa segunda briga pela primeira vez ela falou que estava infeliz e que os sentimentos dela estavam frios. Me desesperei ouvindo isso, não entendia muito bem o que estava acontecendo e acabei falando coisas que não devia no calor da discussão mas não estava entendendo o porque dessa mudança em duas semanas pois tínhamos acabado de tirar umas férias maravilhosas onde aparentava estar tudo bem, principalmente da parte dela. Eu me desesperei e comecei a fazer de tudo pra gente ficar tudo bem e tudo numa boa durante duas semanas e durante esse tempo todo ela foi nessa linha de sentimentos frios. Eu falava que poderia ajustar as coisas da mesma forma que eu ajustava quando ela puxava minha orelha. Em vão, ela terminou comigo e eu fiquei de luto, chorei, sofri. Até que duas semanas depois ela me chamou pra conversar e colocar “tudo as claras” e quando fomos conversar ela começou a falar coisas que ninguém merece ouvir, ainda mais quem está com o coração machucado. Falou que eu não demonstrava meu amor por ela, eu argumentei e ela disse que minha forma de demonstrar não era suficiente. Que ela conhecendo meu jeito reservado, se adaptou a mim e depois de dois anos cansou de se adaptar e duvidou de certa forma do meu amor. Disse que ela era 100% intensa e eu não (como se mensura isso?). Falou que eu não era pra ela, que eu não era o que ela queria e precisava. Falou que era o meu jeito e meu jeito não estava mais agradando a ela. Falou que não tem mais volta e nunca mais nos falamos. Agora estou carregando um sentimento de culpa enorme enquanto ela está aparentemente bem. Depois de tudo percebi até que poderíamos ter caído na rotina, mas namoro é a dois, se ela percebeu por que não veio me dá um toque? Sempre amei, respeitei e confiei. Não era um ogro, demonstrava carinho por ela da minha forma só que sou mais reservado, um pouco na minha. Passava todos os fins de semana com ela, não colocava aula as sextas-feiras pra passar mais tempo com ela, dormia todo domingo na casa dela. Falava sobre casamento, filhos, futuro. Amava e era amado pela família e amigos dela. Minha família sempre mimou muito ela. Recebi uma proposta extraoficial de trabalho pra mudar de cidade e um dos motivos que eu falei que não iria, era por ela. Nunca cobrei nada dela. Sempre passei por cima de qualquer mania ou defeito dela pra ficar numa boa. Tenho 24 anos e ela 19. Ela foi minha primeira namorada. Ela sempre foi criada com rédea curta pelos pais, não teve curtição de adolescente. E os pais dela soltaram mais ela depois que começo a namorar comigo e por confiarem em mim e eu nunca tê-los decepcionado. Não sei se tem alguma influencia de amigos, de alguma coisa, se é uma pessoa que ela se interessou. Se ela quer liberdade, solteirice e curtir um mundo que ela não curtiu. Ela esperava de mim um príncipe encantando e eu dei o meu melhor, lógico que reconhecendo os erros, defeitos e falhas. Depois de dois anos de uma convivência intensa ela dizer que meu jeito não agradava mais, que todo meu amor passou a ser insuficiente e ir embora dizendo que não quer mais, viver a vida numa boa aparentemente enquanto eu sofro. Diz que me ama e que vai estar sempre comigo e dez dias depois não está feliz e eu não sou suficiente pra ela.

Postado por Leonardo Fernandes
terça-feira, 24 de outubro 2017, às 08:54

Quantas lágrimas valem essa história?

1 Lágrima2 Lágrimas3 Lágrimas4 Lágrimas5 Lágrimas (1 Votos / lágrimas. Avaliação Geral: 1,00 de 5)
Loading ... Loading ...

Uma resposta para “De uma hora pra outra.”

  1. janainaav disse:

    Leonardo, uma coisa eu posso te dizer TUDO PASSA!! E se voce tem a consciencia de que nao fez nada de errado, liberte-se desta culpa! Foram dois anos bons, mas que acabou como toda historia. Ela realmente é muito jovem e talvez tenha se sentido presa mesmo em nao curtir a vida de adolescente, possa ser influencia de “amigos”?? pode ser que sim ou que nao.

    Entao siga a sua vida sem pensar nos “porques”… Voce é jovem, pense na sua carreira, no que voce quer ser, no homem que quer se tornar. Acredite e torne seus caminhos para Deus, e voce vai ver que no momento certo tera alguem que te apoie e que nao te cobre, ou queira mudar seu modo de ser!!!

    PENSE EM VOCE! Nunca deixe de viver um sonho por causa de alguem. Te digo por experiencia propria, tive um relacionamento de 7 anos, eu tinha apenas 16 quando comecei a namorar com ele… e foram os piores da minha vida! Ele fez coisas e me disse coisas que eu tambem nao entendia, mas quando me libertei daquele cara que me ameacava, passei a ser feliz. Ele tambem queria que eu mudasse meu jeito de ser, mas no fundo ele nao passava de um moleque pobre de espirito e psicopata.

    Entao te digo que siga sua vida, pois alguem ira aparecer e te dar valor. Finja que ela nao existe, mostre que voce esta bem mesmo por dentro estar dolorido. Logo passa. Faca viagens e conheca novas pessoas, isso te fara muito bem.

    Levanta a poeira sacode e da a volta por cima…
    E quando ela voltar voce seja firme e diga NAO.

    Boa sorte!

Por segurança, digite as letras/números que você vê no quadro abaixo e clique Enviar:
Imagem CAPTCHA      

Seleção musical
aperte o play

Faça uma lista

Use a inteligência a seu favor e crie uma estratégia para superar.

O melhor filme para quem sofre por amor!

“O amor não tira férias” é exemplo de superação

João Bosco e Vinícius dão dicas para acabar com o chororô

Confira o vídeo, e chora me liga!

Não aguento mais!!!!

“A paciência torna mais leve o que a tristeza não cura.”

Encontros e desencontros

quem eu amo some/aparece/some… assim não dá!

HOME   |   QUEM SOMOS   |   MENSAGENS   |   MÚSICAS   |   CONTATO
Copyrights 2010 - 2012 RadioTristeza.com.br | Termos de Uso / Política de Privacidade